Banda Santa Cecília comemora 70 anos com festa em Pau Grande

Na programação tiveram o almoço beneficente, bingo, a abertura da feira cultural e do cantinho da memória.

Anúncios

A música da Sociedade Musical Santa Cecília (SMSC) tomou conta da Praça Montese, em Pau Grande, neste domingo (11), e levantou o público com um repertório especial para comemorar seus 70 anos ao lado da comunidade de origem, num dia dedicado à valorização de sua história, prêmios e reconhecimentos por todo o estado.

“A nossa sede está de portas abertas para todos vocês, chegamos aos 70 anos e estamos comemorando com muitos esforços. A banda não pode acabar e contamos com vocês”, disse o presidente da SMSC, Julio Cesar de Oliveira.

Na programação tiveram o almoço beneficente, bingo, a abertura da feira cultural e do cantinho da memória da Sociedade Música e convidados como a banda do 32° Batalhão de Infantaria Leve de Petrópolis.

Uma roda de conversa com músicos, diretores e pessoas que colaboraram com a história da SMSC, foi um dos momentos de emoção, com Américo Francisco que está com 99 anos, Baltazar, Rubem, Klaumir e Carlão da Cuíca que fez uma bela apresentação, entre outros que contaram histórias do músico Kalil e as vitórias em competições de bandas pelo estado.

“A banda surgiu a partir da Liga Católica que pediu apoio à empresa América Fabril. As aulas eram na sede da Liga, aprendemos a marchar pelas ruas daqui, tocando o hino do escoteiro. Quando a gente vinha o Sr. Teles já gritava: lá vem a furiosa. E assim ganhamos esse apelido”, conta Rubem arrancando risadas de que veio para a roda de conversa.

Um repertório de clássicos como o dobrado “Barão do Rio Branco” e muita MPB na festa que contou com o apoio da Prefeitura de Magé, através da Fundação Cultural, e teve seu ponto alto com a apresentação da banda que levantou o público.

“Estamos aqui para fazer esse resgate. A banda Santa Cecília é um dos registros vivos nessa região. Tanto que foi reconhecida com o Prêmio Baixada de Patrimônio Cultural no ano passado.”, enfatiza a secretária Álison Brandão, que é presidente da Fundação.

O dia da comemoração também contou com a inauguração de um  espaço de memória. O maestro Alessandro Ribeiro pediu para que quem tivesse fotografias, documentos, registros com a banda Santa Cecília compartilhasse com o acervo que já conta com instrumentos, documentos, diplomas, prêmios e troféus que marcam a história da banda.

Confira fotos da comemoração


Quer ficar sempre informado(a) sobre cultura e entretenimento na Baixada Fluminense? Então clique aqui e assine nossa newsletter. Você receberá as novidades da região em sua caixa de e-mail! Simples assim! 😉


Aqui no Cultura BXD acreditamos que participar da vida cultural local é um direito que contribui para o pleno exercício da cidadania. Se você também acredita nisso, nos ajude a espalhar a palavra! Compartilhe esta publicação em suas redes sociais!

Fonte: Prefeitura de Magé

Autor: Allan Reis

Iguaçuano, fotógrafo, graduando em Administração e pós-graduado em Planejamento Estratégico em Mídias Sociais. Idealizador do Cultura BXD e entusiasta de cultura digital.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s