MinC cria assistente virtual para tirar dúvidas sobre Lei Rouanet

Desenvolvido em parceria com o Laboratório Avançado de Produção, Pesquisa e Inovação em Software (Lappis) da Universidade de Brasília (UnB), o robô está em fase final de desenvolvimento e deve ser implantado em setembro.

Anúncios

O Ministério da Cultura (MinC) vai disponibilizar, em breve, uma nova ferramenta para tirar dúvidas do público sobre a Lei Rouanet. É o assistente virtual Tais, sigla para Tecnologia de Aprendizado Interativo do Salic – Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura.

Na sexta-feira (24), pesquisadores e bolsistas do Lappis fizeram um workshop com 12 funcionários do MinC para aprimoramento e refinamento do assistente virtual, que irá responder on-line a perguntas sobre a Lei Rouanet. O treinamento foi ministrado durante duas horas para os servidores das secretarias de Fomento e Incentivo à Cultura (Sefic) e do Audiovisual (SAv), que trabalham diretamente com os projetos da Rouanet. O Laboratório disponibilizou uma versão inicial da Tais e uma série de tópicos para que os usuários pudessem formular perguntas e receber as respostas do assistente virtual. O objetivo dos pesquisadores foi verificar com os próprios técnicos quais são as questões mais comuns sobre esses temas e a forma como os questionamentos são feitos.

Ao final do exercício, foi aplicado um questionário para avaliar o grau de satisfação com a ferramenta. Três quesitos foram avaliados: o conteúdo oferecido (se a informação das respostas estava correta e respondia às perguntas feitas), o modo como se expressou (tom de voz, personalidade e entonação do robô) e a condução do diálogo (se a pergunta foi respondida no tempo adequado, se houve interrupções). Todas essas informações, acrescidas de comentários feitos ao longo da prática e das perguntas elaboradas pelos usuários, servirão para formar a base de conhecimento que alimentará a Tais e por meio da qual o laboratório poderá aperfeiçoá-la.

Incremento gradativo

A proposta é que essa base de conhecimento seja ampliada tópico por tópico. Na primeira etapa, a Tais vai responder apenas a questões básicas sobre o Salic, a Lei Rouanet, como funciona, como se cadastrar. Logo no início do diálogo, o assistente se apresenta e fala sobre quais tópicos pode tratar – um meio de conduzir o usuário pelos conteúdos que já domina. Caso haja uma pergunta que necessite de informações que não estejam disponíveis por meio do robô, há encaminhamento para outros canais de atendimento, como telefone e e-mail.

Todo o processo está sendo feito a quatro mãos, uma parceria em todas as etapas entre o MinC e o Lappis. Isso faz com que seja diferente da relação entre um cliente que contrata uma empresa para produzir um determinado software, por exemplo. No início da parceria, celebrada em outubro de 2017, ainda não havia a definição de produto a ser entregue, apenas as demandas do MinC e o saber tecnológico do Laboratório. Ao longo do processo, a Tais foi uma das soluções encontradas conjuntamente para as necessidades apresentadas.

O Ministério também fornece apoio e suporte tecnológico. Toda a internalização da ferramenta é feita pela Coordenação-Geral de Infraestrutura Tecnológica (CGTEC). Além disso, toda a base de conhecimento do assistente virtual é fornecida pelas equipes que lidam diariamente com a Rouanet. Outro diferencial da parceria é a interação dos desenvolvedores, estudantes da UnB que são bolsistas do laboratório, com a equipe do MinC. No caso da Tais, a interação é constante, as equipes participam das reuniões técnicas e estratégicas, o que tem aprimorado o desenvolvimento do produto. Além da Tais, ainda estão sendo desenvolvidos no contexto do Salic uma sala de atendimento presencial e o campo “Solicitações”, na constante busca de melhoria do sistema de atendimento ao público do Ministério da Cultura.

Fonte: Ministério da Cultura


Quer ficar sempre informado(a) sobre cultura e entretenimento na Baixada Fluminense? Então clique aqui e assine nossa newsletter. Você receberá as novidades da região em sua caixa de e-mail! Simples assim! 😉


Aqui no Cultura BXD acreditamos que participar da vida cultural local é um direito que contribui para o pleno exercício da cidadania. Se você também acredita nisso, nos ajude a espalhar a palavra! Compartilhe esta publicação em suas redes sociais!


Dica importante: Confirme as informações diretamente com os organizadores. Evite imprevistos!


Últimas notícias

Dia Nacional do Fusca em Nova Iguaçu 17/01/2019 - 6:10 PM - Evento reúne admiradores do simpático automóvel no Shopping Nova Iguaçu.
Aprenda a construir uma bicicleta de bambu em Queimados 13/01/2019 - 7:00 AM - O curso é uma iniciativa do projeto "Pedalando para o Futuro" do coletivo Pedala Queimados e será ministrado por Klaus Volkmann, diretor e artesão da ArtBikeBamboo.
Museu Ciência e Vida inaugura exposição sobre dinossauros 12/01/2019 - 6:00 AM - A exposição “Dinossauro – do Cretáceo à robótica” é uma realização do Museu Ciência e Vida com parceria do Museu da Geodiversidade – UFRJ.
Conheça a cachoeira de Pau Grande com Jota Santos 11/01/2019 - 6:00 AM - Produtor de conteúdo mageense registra em seu vlog como se refrescar numa das cachoeiras de Magé.
Aniversário de Nova Iguaçu terá programação especial 10/01/2019 - 6:00 PM - Nova Iguaçu completa 186 anos no próximo dia 15 de janeiro.

 

Autor: Allan Reis

Iguaçuano, fotógrafo, graduando em Administração e pós-graduado em Planejamento Estratégico em Mídias Sociais. Idealizador do Cultura BXD e entusiasta de cultura digital.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s